Conoce lo más relevante para tu vida, autoestima, sexo, etc…

Confiança e Autoestima

« Voltar a ARTIGO

Adicionado junho 06, 2013

Ciúme, maldito ciúme! Por quê toma conta de mim?

 

O ciúme patológico é, como o próprio nome diz, uma doença.

O ciúme patológico é uma experiência emocional complicada e destruidora para as duas pessoas. Se você está passando por uma situação dessas é importante perceber claramente que a raiva, a tristeza e a depressão não são sentimentos de amor. Mas nem tudo está perdido, o ciúme patológico tem tratamento.

Muita gente acha que o ciúme é uma demonstração de amor; outras acham que é sinal de uma pessoa possessiva. A única certeza é que quando esse sentimento ultrapassa a fronteira do respeito, se torna um problema que com o tempo só piora.

Quem sofre de ciúme patológico faz as coisas mais absurdas com a outra pessoa. O ciúme patológico em geral leva a desconfiança, vigilância, perseguição, agressão e violência. Também leva a pensamentos obsessivos de infidelidade e traição por parte da pessoa amada.

O ciúme patológico é resultado de pensamentos irracionais. O problema começa porque a pessoa não consegue avaliar acontecimentos da sua vida de forma lógica, especialmente o comportamento que aprendeu com os pais quando era criança.

Como lidar com o ciúme?

Adultos ciumentos aprenderam a desconfiar dos outros desde pequenos e também aprenderam a pensar de forma negativa sobre si mesmos. Por isso as pessoas com baixa autoestima tem mais chances de sofrer de ciúme patológico.

Uma boa dica para lidar com o ciúme é: pense bastante antes de falar – quando a emoção chega, conte até 10 (mesmo!).

Como tratar o ciúme patológico?

O tratamento do ciúme patológico em geral é feito com medicação e psicoterapia.

Não existe uma cura rápida. Só a pessoa que sofre com isso é capaz de entender e resolver o problema.

Procurar a ajuda de um especialista é a melhor opção. Só ele pode usar diferentes ferramentas para ajudar a pessoa a perceber os erros de avaliação que está cometendo.

Outro motivo para procurar um especialista é pra mudar as expectativas falsas em relação ao amor, fidelidade, relacionamentos e comportamento do parceiro.

A pessoa também aprende técnicas para enfrentar e controlar as emoções negativas, como a raiva, a tristeza e a ansiedade. O ciúme patológico está ligado a um amor obsessivo e irracional.

Qual é a importância do tratamento do ciúme patológico?

O ciúme é uma emoção ruim, que faz as pessoas enxergarem as situações de forma errada. Ele é capaz de acabar com uma relação e também com a estabilidade emocional das pessoas. O ciúme em geral faz a pessoa se descontrolar, prejudicando a si mesma e a seu parceiro. Por isso, se você acha que tem esses sentimentos pouco saudáveis, procure a ajuda de um especialista. Aprenda a lidar com o ciúme. Assim você vai poder ter uma vida mais feliz e tranquila novamente.

 Preocupação com a saúde

 

A depressão muitas vezes está relacionada ao excesso de preocupações. Se você tem a sensação que as provas não deixam você aproveitar a vida ou não consegue dormir desde que terminou com o seu namorado, está na hora de buscar ajuda. O nervosismo é normal, até certo ponto. O excesso de nervosismo pode levar a doenças mais sérias.

Está difícil de se concentrar? Ou pior, qualquer barulhinho é capaz de te aborrecer e tirar sua concentração?

O cuidado e a preocupação com a saúde e o bem-estar ajudam a lidar com problemas emocionais.

Se você tem três ou mais dos sintomas descritos abaixo, está na hora de tomar uma atitude:

Nervosismo, inquietação, impaciência.

Excesso de cansaço.

Dificuldade para se concentrar.

Irritação.

Tensão muscular, tremor, dores de cabeça.

Mudanças no sono: dificuldade para pegar no sono, dificuldade para dormir uma noite inteira, sensação de cansaço mesmo depois de uma noite de sono.

Transpiração, palpitações e taquicardia, problemas estomacais, enjoos, hiperventilação (respiração muito rápida). A depressão causada por preocupação excessiva provoca mal-estar físico, o que pode prejudicar as relações sociais e com a família. Afinal, é diferente quando você chega na escola de bom humor em um dia de prova, do que quando você não quer falar com ninguém para não esquecer o que estudou.

É importante manter um equilíbrio entre suas expectativas e o que você precisa fazer para alcançá-las. Até mesmo a preocupação com a saúde não deve ser exagerada. Viver a vida é pensar no futuro, mas sem deixar de aproveitar cada minuto do presente. E saiba que NADA do que possa te acontecer é o fim do mundo, mesmo que pareça. A vida é cheia de situações. Terminar com seu namorado pode parecer o fim do mundo hoje, você pode se sentir perdida, achar que a vida não tem sentido... Mas logo, logo você pode descobrir um mundo de possibilidades que nem sonhava que existiam.

O que fazer com o nervosismo? Se você está se sentindo muito mal e acha que tem todos os sintomas de depressão, e que eles estão prejudicando a sua vida, fale com seus pais ou com um adulto em quem confia para que eles possam te ajudar. Existem muitas maneiras de tratar a depressão e voltar a ser feliz. E também de tratar a dificuldade de concentração.

A preocupação com a saúde tem sido discutida por várias áreas do conhecimento, incluindo a saúde emocional.

Fechar
 
 
0
Comentários
Sé felíz tambeín en esos días
A Proteção Que Cabe No Seu Bolso!
Poll quente do dia
Que tipo de proteção feminina você prefere?
37148609
Só absorvente externo. 
Só absorvente interno. 
Alterna entre absorvente externo e absorvente interno. 
Absorventes diários. 
excontre este e outros quizzes
Iniciar
De que cor é o seu mundo?
bbblink